ISSO+AQUILO+ALGUNS





7 de jan de 2010

Como levar um bebê à praia

Ingredientes:
• 1 bebê (no máximo!),
• 1 guarda-sol (não esquecer o cabo do dito cujo),
• cadeira de praia (ou canga, ou toalha, ou esteira para sentar na areia),
• piscininha inflável,
• bebê-conforto,
• baldinho, pazinha, peneira e forminhas para brincar na areia,
• 1 bolsa bem grande para levar:

 3 fraldas descartáveis, 2 mudas de roupa, 1 sunguinha,
 1 casaquinho (vai que começa a ventar...),
 filtro solar,
 bonezinho,
 toalha,
 fraldas de algodão;
 filtro solar (já está na bolsa),
 mamadeira,
 leite em pó,
 Neston;
 maçã, banana,
 pratinho, joguinho de talheres,
 filtro solar (já está na bolsaaa!!)
 sacolinha plástica para recolher o lixinho (ecologicamente correto e bem educado),
 determinação, perseverança, paciência, tolerância e amor ao próximo (opcionais, mas um tanto recomendáveis).

Modo de Fazer:
• coloque tudo no carro (faça caber);
• chegando à praia, procure um lugar na areia. Você deve conseguir algo em torno de 2m² (contente-se com isso);
observação importante: não esqueça o bebê no carro;
• abra o guarda-sol, coloque a cadeira, encha a piscininha;
• passe o filtro solar;
• pegue aquele baldinho e vá buscar água para colocar na piscininha (esse é um momento crucial: você vai ter que disputar a água da ducha com os outros 349 banhistas e fazer várias viagens; mas, não desista, pois seu bebê precisa disso.);
• tente não se aborrecer com aqueles que jogam areia em você, ou com o poodle do vizinho que insiste em vir cheirar seu bebê, ou com a bolinha da turma do frescobol;
• siga o protocolo: ofereça as comidinhas para o pimpolho, reaplique o filtro solar, troque a roupinha, troque a fralda (certamente será necessário), sopre a areia que cair no olhinho dele, tire a areia que ele colocou na boca;
• Se possível, tente aproveitar a praia e relaxar um pouco;
• Depois de 2 ou 3 horas, levante o acampamento e comece tudo de novo: desmontar o guarda-sol, fechar a cadeira, esvaziar a piscininha, recolher os brinquedos, as comidinhas, as roupinhas, o bebê-conforto, o filtro solar, juntar o lixinho produzido, etc.
não esqueça o bebê na areia,
• quando chegar em casa, já exausta, descarregue o carro,
• jure, por tudo que é mais sagrado, que de agora em diante seu bebê só vai tomar sol na pracinha (uma vez na pracinha, nunca se esqueça do filtro solar...ou do bebê).

Eu, pensando alto:”Da próxima vez eu fico em casa. Ou melhor, deixo a babá em casa cuidando do bebê e vou à praia sozinha. Munida de chapéu, óculos escuros e uma revista. Só!”


4 comentários:

Jane Murback disse...

Ou espere o BB fazer 4 anos e, ao voltar à praia, siga rigorosamente as dicas da Jane.

Ó, respondi la no blog que pra vc me chamar de amiga precisamos de Zero coments, somos amigas de infância, excrusive. E de perrengue litorâneo.

Bjo

Keka Kircher disse...

Jane, é uma emoção toda vez que vc aparece, AMIGA! Fiz o "rezistro", excrusive. Só a título de informação, além de um bebê eu também tenho um moleque de 4 anos. Perrengue dobrado!

cute art angels disse...

Amei, já passei por esta experiência, e olha não foi fácil pois pais de 1a. viagem são terríveis e se desesperam por tudo !!!! Só faltou o comentário sobre lever o outro bebê: o marido, rsrsrsrsrs ... que ao invés de ajudar te desesperam mais....

Mãe de Primeira viagem.

Andréa disse...

Caramba! Desanimador!!! rsrs... Ainda mais que tenho 2 meninos de 1,9 anos (gêmeos) e nunca consegui levá-los à praia. Amanhã vai ser a primeira vez então vou orar pra vc estar enganadaaaa! kkk!

Related Posts with Thumbnails