ISSO+AQUILO+ALGUNS





28 de dez de 2009

Ano Novo

Um ano novinho em folha está chegando! Nessa época, por mais céticos que sejamos, temos sempre uma quedinha por imaginar como será o ano que chega. Analisamos o ano velho e, intimamente, desejamos que o próximo seja mais gentil conosco. Nesse final de ano, uma música me vem à mente em meio a esse processo de avaliação: Glass of Water.

(Aqui, eu preciso abrir um parêntese para explicar que eu sou irremediavelmente fã do Coldplay, banda que toca essa tal música. Claro, que essa condição de fã faz de mim a pior pessoa do mundo para opinar, com imparcialidade, sobre a qualidade musical da banda. Eu sou sempre tendenciosa na hora da crítica.)

E daí que Glass of Water fala de um sujeito, cheio de fé e esperança, que acreditou ser possível ver o futuro num copo d’água. Mr. Martin, o autor da música, escreve canções de significado explícito, tanto quanto escreve canções de sentido obscuro. Essas músicas menos óbvias tem o poder de provocar a gente, a ponto de ser impossível parar de ouvi-las enquanto não se desvenda o mistério. Acho que essa música ilustra bem as sensações que sentimos no final do ano. Queremos muito que tudo seja melhor mas, lá no fundo do peito - ou do cérebro - algo nos diz que nem sempre é possível que seja assim. Talvez eu tenha feito uma “viagem lisérgica” pelas intenções do autor, mas é assim que eu entendo a letra da música. E é assim que eu encaro o ano novo: com esperança, claro, mas também com os pés no chão.

Feliz Ano Novo! Um melhor 2010 pra todo mundo! Inclusive pra mim...





Glass of Water
Coldplay


Scared of losing all the time
He wrote it in a letter
He was a friend of mine
He heard you could see your future
inside a glass of water
the ripples and the lines
and he asked 'will I see Heaven in mine?'

That is just the way it was
Nothing could be better
And nothing ever was
Oh, they say you can see your future
Inside a glass of water
The riddles and the rhymes
Will I see heaven in mine? Oh-oh-oh-oh!

Son, don't ask
neither how full or empty is your glass!
Cling to the mast,
spend your whole life living in the past,
going nowhere fast!

So he wrote it on the wall
The hollowest of halos
Is no halo at all
Television selling plastic figurines of leaders
Sayin' nothing at all
And we chime
Stars in heaven align
Oh-oh-oh-oh!

Son, don't ask
neither how full or empty is your glass!
Cling to the mast,
spend your whole life living in the past,
going nowhere fast!

And what are we drinking when we're done?
Glasses of water.


Glass of Water (Tradução: Vagalume.com.br)
Com medo de perder todo o tempo
Ele escreveu isso em uma carta.
Ele era um amigo meu.
Ele ouviu falar que você poderia ver seu futuro
Dentro de um copo d'água.
As ondulações e as linhas,
Ele perguntou: Irei eu ver um paraíso no meu futuro?

Oh, aquilo foi apenas a forma como foi.
E nada poderia ser melhor,
E nada nunca foi.
Oh, ele disse que você poderia ver seu futuro
Dentro de um copo d'água
Os enigmas e as rimas,
Ele perguntou: Irei eu ver um paraíso dentro de mim?

Filho, não pergunte,
Nem o quanto está cheio ou vazio o seu copo.
Se agarre ao mastro.
Gaste toda a sua vida, vivendo no passado
E indo a lugar nenhum bem rápido.

Então ele escreveu isso na parede
A mais ôca e vazada das auréolas,
Não é uma auréola completamente.
Televisões vendendo bonecos de plástico de líderes
dizendo nada de mais.
E nós imploramos, estrelas no paraíso, se alinhem!

Filho, não pergunte,
Nem a forma como está cheio ou vazio o seu copo.
Se agarre ao mastro.
Gaste toda a sua vida, vivendo no passado
E indo a lugar nenhum bem rápido.

E o que eu vou beber quando estiver tudo terminado?
Apenas copos d'água.


Minha Interpretação

Ele era um sonhador: tinha ânsia de viver e queria viver intensamente, mas não sabia que caminho seguir. Acreditou que um copo d’água podia lhe trazer respostas. E procurava algo bonito...

Ele foi além com aquela idéia. Aquilo foi o melhor que surgiu na sua vida. E achou que ele próprio poderia ser melhor, ter um paraíso dentro de si mesmo.

Mas alguém tentou mostra-lo a realidade: “Não importa, filho, se a vida é boa ou ruim. Mantenha-se firme, porque no final da contas, ela terá passado tão rápido que você só perceberá que não fez nada relevante quando for tarde demais, e você for velho demais para fazê-lo.

Mas ele tinha esperança e fé. Então, aquela foi a mensagem que ele quis deixar e a escreveu na parede, como um anjo que deixa sua auréola de presente. “Estrelas do paraíso se alinhem e nós teremos um futuro para ver num copo d’água.”

Mas alguém tentou mostra-lo a realidade :“Não importa, filho, se a vida é boa ou ruim. Mantenha-se firme, porque no final da contas, ela terá passado tão rápido que você só perceberá que não fez nada relevante quando for tarde demais, e você for velho demais para fazê-lo.

Mas ele tinha esperança e fé. Ele era meu amigo e seguiu seu caminho. Ele se foi e eu estou aqui. E o que eu vou beber quando estiver tudo terminado? Aqueles copos d’água, que continham tantas promessas.

Apenas copos d'água...



Eu, pensando alto: “Que post gigante! Tudo bem, é o último do ano.”

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails